Marcus Menna e o amor a dois em “Com Novo Olhar”

Você se lembra da banda LS Jack? Das músicas de amor cantadas por Marcus Menna, que alcançou o ápice do sucesso nas paradas em 2002 com o hit “Carla”? Marcus teve sua carreira interrompida após sofrer uma parada cardiorrespiratória durante cirurgia de lipoaspiração (2004), que lhe causou muitas sequelas.  O cantor superou esse episódio marcante em sua trajetória após muitos tratamentos. Hoje, ele revela o segredo da vida a dois, abre as portas do seu coração e declara a importância da sua companheira Flávia Guinancio, sua eterna namorada.

“Conheci Marcus após seu acidente e antes da nossa história de amor, nasceu uma grande amizade, respeito e admiração e após seis meses dessa amizade, foi que começamos a nos olhar como homem e mulher e criou-se uma ponte entre esses sentimentos, as conversas, os encontros; houve tempo suficiente para Marcus e eu percebermos nossas qualidades e conquistarmos respeito, até a paixão e o amor”, comentou Flávia.

O amor de Flávia se estende às filhas do cantor, elas sempre conviveram em harmonia. São presentes na vida de Flávia e promovem o amor em família, combustível para superar obstáculos, encarar tratamentos com fisioterapeutas, fonoaudiólogos, entre outros, há treze anos.

“As pessoas com deficiência sofrem e deixam de viver um amor por causa do preconceito dos outros. Santo Antônio não nos casou, ninguém casou a gente, Deus nos casou. O universo em que vivíamos conspirava contra nós, mas Deus disse: é assim que eu quero vocês dois juntos. Acho que todo mundo deveria se colocar diante de Deus e expor seus desejos. Os estereótipos definidos pela sociedade são muitos, principalmente com relação ao amor, mas quando se tem certeza dos sentimentos existentes um pelo outro, não há barreiras e nem obstáculos que possam impedir que ele aconteça. Não precisamos passar por cima das decisões da família, mas ela precisa entender que somente Deus e o amor são capazes de nos transformar”, afirmou Flávia em entrevista ao “Com Novo Olhar”.

“Me abraça, me beija, me aceita assim como eu sou”, trecho de uma das canções que Marcus canta e faz voltar à tona os olhares de quem quer que seja e comprova que o amor é remédio na vida de pessoas com ou sem deficiência. “Não enxergamos a deficiência, nos adaptamos e vivemos muito bem com as diferenças, o amor é tudo e nada de diferente”, explicou a esposa apaixonada pelo caráter e pelo ser humano, com ingredientes da paixão no relacionamento a dois.

“Flávia trabalha comigo e dentro do possível ela tenta entender a situação, mas até agora tem sido com respeito e amor, as dificuldades cognitivas estão evoluindo, estamos sempre em alerta e às vezes nem percebemos essa questão da deficiência”, conclui Marcus ao blog “Com Novo Olhar”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s